Segundo o CNJ, juízes de Sergipe ganham abaixo do teto salarial
18 de dezembro de 2017
Volta pra casa
19 de dezembro de 2017
Exibir tudo

Mendonça Prado oficializa a troca PPS pelo DEM

Mendonça Prado substitui a ex-esposa Aninha Alves na presidência do DEM sergipano

O ex-deputado federal Mendonça Prado resolveu retornar ao DEM, partido que durante décadas lhe deu régua e compasso. Filiado recentemente ao PPS, Mendoncinha decidiu disputar o governo de Sergipe nas eleições de 2018. Ele vinha se apresentando como o “novo” na política sergipana, porém o convite da senadora Maria do Carmo Alves (DEM) o fez voltar ao velho ninho demista. Embora tenha sido convidado pela senadora na semana passada, somente nesta segunda-feira Prado comunicou oficialmente à cúpula do PPS que estava abandonando o barco.

O DEM decidiu convidar Mendonça depois que a presidente estadual do partido, jornalista Ana Alves (ex-esposa de Prado)  foi presa sob a acusação de atrapalhar investigações em torno de contratações “fantasmas” feitas na gestão do pai e ex-prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM). Ainda reclusa no presídio feminino – ela ficou detida por oito dias – Aninha renunciou à presidência da legenda. Temendo que o DEM fosse entregue ao deputado federal Laércio Oliveira (SD), Maria do Carmo convidou Mendonça para presidi-lo. A mudança já foi comunicada à direção nacional demista, que acatou a decisão da senadora.

A saída de Mendonça provocou uma crise no PPS, que pode não ter candidatos majoritários e, por conta disso, perder parte dos filiados interessados em disputar cadeiras na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal. O próximo a sair deverá ser o ex-deputado federal João Fontes. Ele se filou ao partido para concorrer ao Senado. O presidente estadual do PPS, Clóvis Silveira, disse entender a posição de Mendoncinha, contudo não sabe ainda se a legenda vai apoiá-lo caso ele dispute o governo estadual pelo DEM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *