Lei antifumo tem estimulado os jovens a usar o bom rapé
7 de dezembro de 2015
Morre o jornalista e publicitário Maciel Gomes
7 de dezembro de 2015
Exibir tudo

Ipesaúde investe em reabilitação

Para cada necessidade há uma terapia mais indicada

Um conjunto de tratamentos terapêuticos e preventivos que vem recuperando, aliviando a dor e reabilitando milhares de servidores públicos que utilizam os serviços especializados mantidos no Centro de Reabilitação Maria Virgínia Leite Franco, que integra a estrutura do Ipesaúde. De junho a novembro passado, somente na rede própria, já foram realizados mais de 25 mil procedimentos nas diversas especialidades oferecidas na unidade.

Lá, os beneficiários podem contar com tratamento em fisioterapia ortopédica adulto e pediátrico; fisioterapia neurológica adulto e pediátrico, RPG, pilates solo, musculação terapêutica, terapia ocupacional e fonoaudiologia. Para dar provimento a essa oferta de serviços, o Centro de Reabilitação conta com uma equipe de 22 fisioterapeutas, 1 terapeuta ocupacional e 4 fonoaudiólogas, e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h.

“Nós saímos de uma média de 800 paciente/mês, em 2014, para cerca de 5.000 pacientes/mês em 2015, graças à restruturação promovida em nossa estrutura e a aquisição de novos equipamentos”, relata a coordenadora do centro, a fisioterapeuta Ana Carolina Sacramento. Além do atendimento na unidade própria, também são fornecidas autorizações para que os beneficiários, se assim desejarem, busquem atendimento na rede credenciada.

Atendimento Diferenciado

Um dos beneficiários que atesta a qualidade do atendimento oferecido é o servidor da Secretaria de Segurança Pública, Adson Freire Garangau, que passou por cirurgias no joelho e vem fazendo todo o trabalho de reabilitação no centro. “Eu sou usuário frequente dos serviços oferecidos aqui há anos. Já passei por outras cirurgias e sempre fiz meu tratamento aqui. E as condições melhoraram muito com os novos equipamentos e essa nova academia, por exemplo”, aponta o servidor, que já está em fase final de reabilitação e faz tratamento três vezes por semana.

Já a pensionista Neusa Santos, que sofre de artrose e desgaste na coluna, também utiliza o Centro de Reabilitação para um tratamento que alivia suas dores, e também é uma usuária do serviço há anos. “Eu até posso fazer meu tratamento em outro lugar, mas prefiro aqui onde sou muito bem atendida e já fiz muitos amigos. Todos aqui me tratam muito bem e eu saio bastante aliviada das minhas dores”, relata dona Neusa.

O fisioterapeuta Marcelo Cruz, um dos que atende aos dois casos, explica que para cada necessidade há uma terapia mais indicada para os resultados esperados, seja a completa reabilitação, com fortalecimento da musculatura e plena recuperação, seja para alívio da dor. “No caso do Adson, que já está em fase final, estamos trabalhando o fortalecimento da musculatura em torno do joelho, o que favorecerá a estabilidade e a proteção da articulação. Já no caso da senhora Neusa, nós trabalhamos buscando a analgesia das regiões mais afetadas, aliviando a dor e também buscando a proteção dessas estruturas”, afirma o profissional.

O acesso aos serviços oferecidos pelo centro pode ser feito a partir de encaminhamento médico dos beneficiários do Ipesaúde. O centro está situado à rua Dom José Thomaz, 339, no bairro São José. Informações mais detalhadas podem ser obtidas pelo telefone 3214-3702.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *