Skank traz para Aracaju a turnê “Os três primeiros – ao vivo”
11 de abril de 2019
Estácio realizará Feira Virtual de Estágios e Empregos
2 de maio de 2019
Exibir tudo

Estranho sigilo

A sociedade sergipana estranha que a Polícia apure em sigilo o fuzilamento de um trabalhador negro por três agentes civis. Também surpreende o fato de os réus confessos ainda não tenham sido presos, apesar de as evidências mostrarem que houve uma execução covarde. Aliás, o trio está afastado das atividades policiais porque assim desejou. Ora, se as vítimas fossem os policiais, será que o acusado pelo crime – um trabalhador negro e pobre – estaria solto e o inquérito correndo em sigilo absoluto? Era mais provável que já tivesse sido morto em confronto armado com a Polícia. Portanto, fica muito difícil convencer o povão de que a liberdade concedida aos executores do operário, além do segredo imposto às investigações, visa garantir agilidade ao inquérito. Tomara que este rumoroso caso não caia no esquecimento e que os matadores do cidadão Clautenes dos Santos não sejam absolvidos por absoluta falta de provas. Ó Céus!

CPI no vinagre

Para desgosto do senador Alessandro Vieira (PPS), a Comissão de Constituição e Justiça do Senado mandou pro vinagre a CPI da Lava Toga. A proposta visa investigar atos de ministros dos Tribunais Superiores. Resta ao plenário votar o parecer do senador Rogério Carvalho (PT) contrário à polêmica Comissão. Vendo sua criação se desmilinguir, Vieira lamentou a pressão de setores da sociedade e da Justiça para que a CPI não vá adiante. Homem, vôte!

Corrupção mata

Estudantes e professores de Direito da Faculdade Estácio de Sergipe assistiram, ontem, o documentário Pedro Jorge: uma vida pela justiça. Em seguida, houve um debate com Rômulo Almeida, procurador-chefe do Ministério Público Federal em Sergipe. A produção cinematográfica relata o assassinato do procurador da República Pedro Jorge de Melo, que investigou o “Escândalo da Mandioca”, em Pernambuco, tido como um dos maiores casos de corrupção da década de 80. Aff Maria!

Sangue novo

Marco Antônio Queiroz, ex-superintendente da Caixa Econômica Federal em Sergipe, será o novo secretário Estadual da Fazenda. Vai substituir o interino Marcos Vinicius Nascimento, que está no lugar de Ademário Alves, exonerado no mês passado. Profissional experiente, o novo titular da Fazenda terá que se virar nos trinta para melhorar a agonizante economia sergipana. Taí uma missão quase impossível. Marrapaz!

Banco dos réus

E o deputado federal Valdevan Noventa (PSC) foi multado em R$ 1 mil pela Justiça Eleitoral por erros na prestação de contas da campanha. Por conta disso, o parlamentar já foi preso e teve que usar tornozeleira eletrônica por um bom tempo. Valdevan é acusado de omissão no registro das despesas eleitorais, pois os recursos em espécie e os depósitos bancários não condizem com perfil socioeconômico dos doadores. Misericórdia!

Vítima de ebó

O deputado estadual Garibalde Mendonça (MDB) está uma arara com os caciques do seu partido. Motivo: ele só soube pela imprensa que perderá a presidência do PMDB aracajuano para o ex-governador Jackson Barreto. Apesar dessa rasteira, Garibalde não pensa em deixar a legenda, porém promete tomar um banho de sal grosso para espantar as possíveis mandigas feitas contra ele. Pé de pato, mangalô três vezes!

Senhor onipresente

Um médico recebe salários da Fundação Hospitalar de Saúde, da Secretaria da Segurança Pública, do Ipesaúde e das Prefeituras de Lagarto, Itaporanga e Japaratuba. O esforçado servidor tem uma carga horária semanal de R$ 222 horas e salário de quase R$ 70 mil. O The Flash está entre os 470 servidores estaduais com três ou mais vínculos no Estado, conforme levantamento feito pelo Tribunal de Contas de Sergipe. Crendeuspai!

Bota fora

A Assembleia de Sergipe tem 180 dias para reduzir em 50% o número de cargos comissionados. A determinação é do juiz de Direito Luís Gustavo Serravalle Almeida. Na mesma decisão, o magistrado estipula o prazo de 90 dias para o Legislativo devolver aos órgãos de origens os servidores requisitados. Danou-se!

Terra arrasada

E quem anda muito preocupado com o futuro do Brasil é o deputado federal João Daniel (PT). Segundo ele, o governo Bolsonaro está destruindo a Nação ao privatizar o pré-sal, empresas estatais, aeroportos, portos, etcétera e tal. “Nenhum país garantirá programas para a educação, saúde, previdência e assistência social se não tiver uma economia forte”, discursou. Santo Cristo!

Vida de gado

Sergipe terá o Dia Estadual da Vaquejada, Pega de Boi no Mato e Cavalgada. Projeto aprovado pela Assembleia estabelece que 25 de outubro será a data para comemorar estas manifestações culturais e desportivas. Para quem se preocupa com o sofrimento dos animais, a autora do projeto, deputada Janier Mota (PR), explica que “essas atividades exigem a utilização de protetores de cauda e de chifre para manter o bem-estar dos bois e cavalos”. Ah, bom!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *