Leia o resumo dos jornais desta sexta
6 de outubro de 2017
Usina de Laranjeiras terá que restaurar Igreja histórica
6 de outubro de 2017
Exibir tudo

Supremo, tome tenência!

Depois de aprovar que a Lei da ficha suja torna inelegíveis os políticos condenados em segunda instância, independentemente de quando tenha ocorrido a punição, o Supremo pensa em remendar a própria decisão. Voto vencido, o ministro Ricardo Lewandowski advoga que a aplicação da legislação a casos anteriores a 2010 vai cassar centenas de vereadores, prefeitos e deputados. Coitadinhos! Ora, se eles são fichas sujas que sejam cassados e pronto. Aliás, essa turma condenada por abuso político e econômico não deveria nem ter disputado as eleições de 2016. Como explicar a um cidadão comum, temente às leis, que o Supremo quer consertar sua própria decisão visando beneficiar criminosos, que meteram a mão grande no dinheiro do povo? Em isso acontecendo, o cidadão vai esperar firmeza de quem neste Brasilzão velho de guerra? Aliás, é por estas e outras, que o jogo do bicho – considerado contravenção desde 1946 – é quase um patrimônio nacional. Para o bicheiro e o apostador, vale o que está escrito e ponto final. E ai de quem tentar burlar esta regrinha básica.

Passado pra trás

O ex-prefeito de Capela, Manoel Sukita, está perdendo o comando do Podemos – antigo PTN – para Zezinho Sobral, secretário da Inclusão Social de Sergipe. Segundo o senador paranaense Álvaro Dias, a executiva nacional do partido já decidiu entregar a presidência da legenda no estado a Zezinho, pré-candidato a deputado estadual.

Vota contra

Não peçam ao deputado federal Laércio Oliveira (SD) voto a favor da reforma do Pis/Cofins: “Ela representa aumento de impostos, que resultará em reajuste dos preços de passagens de ônibus e avião, das mensalidades escolares e de serviços como telefonia e internet”, discursa. Segundo Laércio, se aprovada, a reforma vai desempregar dois milhões de trabalhadores. Crendeuspai!

Beabá político

O Partido Republicano Brasileiro (PRB) vai orientar filiados e simpatizantes sobre política. Marcado para amanhã, em Aracaju, o curso “Dez lições sobre política” será ministrado por Leonardo Barreto, doutor em Ciência Política. Já confirmaram presenças os presidentes da Fundação Republicana Brasileira e do PRB em Sergipe, respectivamente, Renato Junqueira e Jony Marcos.

Endereço certo

“Aqueles que estão na oposição vão poder opinar”. Esta indireta do senador Eduardo Amorim (PSDB) é endereçada ao deputado estadual Venâncio Fonseca (PP). O parlamentar pepista disse não aceitar “goela abaixo” que os Valadares – pai e filho – integrem a chapa majoritária da oposição. Amorim lembra o seu carinho por Venâncio, mas arremata: “Cada um segue o caminho que quer. Eu não mudei”. Aff Maria!

Quem avisa…

Para evitar constrangimentos, como os ocorridos agora com as estranhas exonerações dos delegados Gabriel Nogueira e Danielle Garcia, bem que o governo de Sergipe deveria sugerir o seguinte aos substitutos dos dois no Departamento de Combate aos Crimes Tributários e Administração Pública: Vocês podem investigar todas as denúncias de corrupção, desde que os envolvidos não estejam na lista telefônica, nem apareçam nas colunas sociais. Cala-te boca!

Troca de ideias

Governistas sergipanos se reúnem, neste sábado, para discutir sobre as eleições de 2018. Coordenado pelo governador Jackson Barreto (PMDB), o encontro visa aparar algumas arestas entre aliados e discutir sobre as eleições majoritárias. Comandante do grupo e pré-candidato a senador, JB vai preferir falar menos e ouvir mais. Tá certo!

Vendas condenadas

Acontece hoje na Assembleia uma audiência pública em defesa dos bancos e das estatais. Coordenado pelo deputado estadual Luciano Pimentel (PSB), o evento terá a participação do Sindicato dos Bancários de Sergipe, CTB/SE e Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe. “A audiência pública vai firmar posição contra interesses de privatização manifestados pelos governos, como o caso da Deso”, afirma Pimentel.

Patrimônio defendido

A Usina São José do Pinheiro, em Laranjeiras, terá que restaurar e conservar a Capela Engenho Jesus, Maria e José, localizada nas terras daquele empreendimento canavieiro. Segundo decisão da Justiça Federal, por ter capacidade financeira, a usina não deve transferir para a sociedade, representada pelo Iphan, os encargos com a recuperação do patrimônio. Ainda bem, pois a histórica capelinha está caindo aos pedaços!

Pelo celular

A maioria das crianças e dos adolescentes das classes D e E acessa a internet exclusivamente pelo celular. Segundo a pesquisa TIC Kids Online, 61% dos jovens de 9 a 17 anos nessa faixa de renda que, no período de três meses, usaram a rede ao menos uma vez fizeram o acesso apenas pelo telefone móvel. O índice cai para 12% entre crianças e adolescentes das faixas de renda mais altas, classes A e B. Na classe C, o percentual é de 89%. Destes, 34% tiveram acesso somente pelo celular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *