Horário de verão começa domingo
10 de outubro de 2017
Gás de cozinha mais caro
10 de outubro de 2017
Exibir tudo

Rasteiras políticas

Políticos sergipanos têm sido vítimas do chamado fogo amigo, muito comum nesta época de arrumação partidária. A partir de agora, quem pode mais, chora menos. Chamaram a atenção três rasteiras contra políticos governistas. Primeiro foi Mendonça Prado. Esquecido num canto pelo prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), ele disse que como homem, o comunista “não vale a sola do meu sapato”. O deputado governista Laércio Oliveira (SD) confiou nos aliados e viu o colega Jony Marcos (PRB) lhe tomar a coordenação da bancada federal de Sergipe. Agora foi a vez de o ex-prefeito de Capela, Manoel Sukita, se estatelar no chão com a rasteira aplicada por Zezinho Sobral, que lhe tomou o comando do Podemos em Sergipe. O ex-gestor anda chorando como bezerro desmamado e culpando o governador Jackson Barreto (PMDB) pela traição. Portanto, é bom ficar atento, pois quem não souber jogar esta capoeira política, dificilmente se manterá de pé até as eleições de 2018.

Estaleiro

E quem está no estaleiro é Clóvis Barbosa, presidente do Tribunal de Contas de Sergipe. O repouso médico foi recomendado após ele ter se sentido mal durante as rotineiras atividades físicas. Clóvis aproveitou a licença para viajar por duas semanas. Enquanto isso, o TCE está sendo presidido pela vice Susana Azevedo.

Braços cruzados

Temendo demissão em massa, os trabalhadores da Fundação Hospitalar da Saúde paralisaram as atividades por 24 horas. Eles estão preocupados com a extinção da autarquia e reclamam não serem ouvidos pela Secretaria da Saúde de Sergipe. Os trabalhadores ameaçam com uma greve por tempo indeterminado caso não sejam chamados para conversar. Estão certos!

Em campanha

Quem estará em Aracaju no próximo dia 27 será o prefeito de São Paulo, João Dória Júnior (PSDB). Oficialmente, o almofadinha vem participar do simpósio “Drogas, políticas públicas e direitos dos dependentes químicos”, promovido pelo Tribunal de Contas de Sergipe. Na verdade, a visita é política e faz parte da estratégia de Dória para viabilizar sua candidatura à Presidência da República. Crendeuspai!

Chapéu alheio

O Sindicato dos Radialistas vai defender hoje, na Câmara de Aracaju, a aprovação do projeto beneficiando comunicadores com a meia-entrada nos espetáculos culturais. Estão querendo fazer cortesia com o chapéu dos outros, pois este tipo de mordomia é bancada por quem paga inteira em cinemas e teatros. Em que radialistas e jornalistas são diferentes dos demais trabalhadores? Ademais, o papel dos sindicatos não é defender “jabá” oficial nem oficializar “carteiradas”, mas lutar por salários justos para os trabalhadores. Respeitem o povo!

Crise braba

O advogado sergipano Cezar Britto, ex-presidente da OAB nacional, entende que o Brasil vive a crise “mais delicada” de sua história. Ele critica as reformas e a venda de estatais feita pelo governo federal. Sobre o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, Britto acha que ele exagerou demais na saída do cargo ao segurar os processos demasiadamente. Esta informação é da coluna política Esplanada publicada pelo Jornal da Cidade.

Por fora

Pesquisa constatou que 25% dos consultados – um em cada quatro – ignoram que pagam impostos no seu dia a dia, contra 73% que sabem estar pagando algum tipo de imposto. Segundo a consulta feita pela Fecomércio (RJ), dentre os 73% que afirmam pagar algum tipo de imposto, 69% destacaram tributos municipais, como IPTU e taxas de iluminação e de lixo; 54% citaram impostos indiretos sobre serviços e produtos; 39% salientaram impostos estaduais; e 17% lembraram dos impostos federais, como o Imposto de Renda.

Terceira via

O ex-deputado federal Mendonça Prado pretende disputar o governo de Sergipe pelo PPS, seu novo partido. A pré-candidatura foi confirmada ontem, após uma reunião entre Mendoncinha e o presidente estadual do PPS, Clóvis Silveira. Segundo este, a legenda vai convidar outros partidos interessados em participar da chapa majoritária.

Nome festejado

A pré-candidatura de Belivaldo Chagas (PMDB) ao governo de Sergipe é festejada pelo prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB). “Ele é um político capaz, competente e tem muita experiência. Foi vice do ex-governador Marcelo Déda (PT) e é o vice de Jackson Barreto. Belivaldo reúne todas as condições para enfrentar o debate que virá”. Então, tá!

Só em 2018

A possibilidade de pagar boletos vencidos com valores abaixo de R$ 2 mil em qualquer banco foi adiada para o próximo ano. A Federação Brasileira de Bancos estendeu o prazo de implementação do novo sistema por causa da grande quantidade documentos bancários. As novas datas das próximas etapas do cronograma serão divulgadas posteriormente.

Prefeitos reunidos

Os prefeitos sergipanos se reúnem, sexta-feira, em São Cristóvão, para tratar sobre as emendas impositivas de Sergipe ao Orçamento da União. Organizador do encontro, o gestor sancristovense Marcos Santana (PMDB) alerta que se forem depender apenas das emendas individuais, os municípios vão quebrar. Ele defende que os recursos federais sejam usados basicamente em infraestrutura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *