O que muda com Lula livre
8 de novembro de 2019
Abatedouro clandestino é descoberto em Itabaiana
8 de novembro de 2019
Exibir tudo

Queda da prisão em 2ª instancia ouriça todos os condenados

Ex-deputados Augusto Bezerra e Paulinho das Varzinhas ganharam liberdade com base em decisão do Supremo

Ao menos três políticos em Sergipe esperam se beneficiar com queda da prisão em 2ª instância decidida, ontem, pelo Supremo Tribunal Federal. Os advogados dos ex-deputados estaduais Augusto Bezerra (PHS) e Paulinho das Varzinhas (PTdoB), além do ex-prefeito de Capela, Manoel Sukita (PTC), pedem ainda hoje à Justiça que os liberte. Os dois os primeiros estão em prisão domiciliar, enquanto o ex-gestor se encontra recolhido na Penitenciária de Glória.

Condenados em 2ª instância a mais de 12 anos de prisão, Augusto e Paulinho são acusados de se locupletar com recursos da Assembleia Legislativa de Sergipe. Por problemas de saúde, ambos se encontram em prisão domiciliar. Bezerra ainda passou alguns meses no Presídio Militar, em Aracaju, porém a Justiça acatou pedido de sua defesa e o liberou para cumprir a pena em casa, onde é mais fácil receber assistência médica. Muito doente, Paulinho está em prisão domiciliar desde a condenação em 2ª instância.

A advogada Joseane Góes informou que ainda hoje vai pedir a liberdade do ex-prefeito Manoel Sukita. Condenado a 13 anos e nove meses de reclusão por crime eleitoral, ele cumpre prisão em regime fechado no presídio de Glória. Há dias, o Ministério Público de Sergipe não se opôs que Sukita concedesse entrevista a uma emissora de rádio. Diante da decisão do Supremo Tribunal Federal, o ex-prefeito não vai querer esperar a reportagem na penitenciária. Espalhafatoso como é, provavelmente convocará uma coletiva tão logo ganhe a sonhada liberdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *