Leia o resumo dos jornais desta quarta
11 de outubro de 2017
Goleiro Genivaldo renova contrato com o Confiança
11 de outubro de 2017
Exibir tudo

Perda de tempo

Está crescendo o número de políticos preocupados com o uso eleitoral da máquina pública. O último deles foi o deputado estadual Jairo de Glória (PRB), para quem o diretor do DER, Adaílton Martins, está utilizando a estatal “para fazer política baixa e rasteira”. Antes dele, o também deputado Zezinho Guimarães (PMDB) denunciou alguns auxiliares do governo de usarem a estrutura das secretarias para fazer campanha eleitoral, a exemplo de Esmeraldo Leal (PT) e Zezinho Sobral (Ação Social). Também existem queixas contra Almeida Lima, que estaria permitindo o uso eleitoral da Secretaria da Saúde em favor da campanha do genro, Breno Silveira, pré-candidato a deputado estadual. Jairo, Zezinho e outros insatisfeitos perdem tempo. As acusações podem até ser verdadeiras, porém o governador Jackson Barreto (PMDB) não as levará em conta, pois sabe que os denunciantes não estão preocupados com o uso incorreto da máquina pública, mas com ciúmes dos concorrentes. Quem garante que se pudessem os queixosos não copiariam os denunciados?

Tortura investigada

A Polícia Civil vai apurar se o ex-prefeito de Capela, Manoel Sukita (Podemos), foi mesmo torturado enquanto esteve preso numa penitenciária de Sergipe. O político disse que passou 37 dias sem tomar banho de sol e que bebia água apenas à noite. A Secretaria de Justiça também promete investigar a acusação, mas estranhou o fato de Sukita só ter denunciado as torturas três anos depois da prisão. Marminino!

Filiação agendada

Pré-candidato ao governo de Sergipe, o ex-deputado federal Mendonça Prado, já definiu a data para se filiar ao PPS. Será no dia 17 de novembro, durante a convenção estadual do partido, que acontecerá na Assembleia Legislativa. Já confirmaram presenças o senador Cristóvão Buarque e presidente nacional do PPS, deputado federal Roberto Freire.

Desligue o fogo

A dona de casa está pagando uns trocadinhos a mais pelo gás de cozinha. Desde as primeiras horas de hoje, o butijão de GLP está, em média, 12,9% mais caro. É a Petrobras metendo a mão no bolso dos contribuintes para recuperar parte da fortuna roubada pelos os criminosos do colarinho branco. Enquanto estes ladrões curtem as mordomias da prisão domiciliar, o povo corta uma volta para comprar um botijão de gás. Êita Brasilzão sem jeito!

Serviço suspenso

O Ipesaúde suspendeu a marcação de exames e consultas para a próxima sexta-feira. As consultas já agendadas serão mantidas. A interrupção visa substituir o sistema operacional de marcações. A direção do instituto informa que o atendimento ao público será retomado normalmente na próxima segunda-feira.

Itabaiana no carnaval

A escola de samba paulista Rosas de Ouro prestará uma homenagem a Itabaiana, conhecida nacionalmente como a cidade dos caminhoneiros. Segundo o prefeito Valmir de Francisquinho (PSC), os carnavalescos vão reservar uma ala da escola, com carro alegórico e tudo, para homenagear a cidade serrana no desfile do carnaval de 2018 . Legal!

Crise braba

O prefeito de Cristinápolis, João Dantas dos Santos (PDT), exonerou todos os ocupantes de cargos comissionados. A dura medida é resultado da grave crise financeira vivida pelos municípios sergipanos. Segundo o deputado estadual Georgeo Passos (PTC), simplesmente não entrou nas contas de várias prefeituras a parcela do FPM prevista para ontem. Estão nesta situação Ribeirópolis, Malhador, Frei Paulo, Feira Nova, Rosário do Catete e Cristinápolis. Cruz credo!

Alça de mira

O vereador de São Cristóvão, Rafael da Colina (PT), se diz ameaçado de morte e denuncia que, há dias, quatro pistoleiros estão rodando a sua casa. O fato foi denunciado à Comissão dos Direitos Humanos da Câmara Federal pelo deputado João Daniel (PT). Segundo o petista, as ameaças são motivadas pelo fato de Rafael ser um militante dos movimentos sociais, denunciar a corrupção, condenar a grilagem e defender o direito à terra. Crendeuspai!

Fumaça de fraude

A Justiça Eleitoral apurou que mais de 25 mil títulos no Brasil estão envolvidos em casos de coincidência biométrica. Foram detectadas situações de duplicidade (quando uma mesma pessoa tem dois registros eleitorais) e de pluralidade (quando um eleitor dispõe de três títulos ou mais). Pelo levantamento, Sergipe em 985 duplicidades e 90 pluralidades. Nestes casos, o juiz pode determinar o cancelamento de uma ou de todas as inscrições eleitorais e, se identificar fraude, abrir processo criminal. Misericórdia!

Vaga à vista

Tá desempregado? Pois comece a pensar num emprego que oferece ótimo salário, carro, telefone e secretárias, além de otras cositas mas. Estamos falando da Secretaria da Casa Civil de Sergipe, que deve ficar vaga em dezembro, quando o titular Belivaldo Chagas (PMDB) pedirá demissão visando se dedicar à campanha eleitoral. Para conseguir essa “boquinha” é mole, mole: basta ter quem o indique ao governador Jackson Barreto (PMDB) e este aceitar. Interessa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *