Aracaju fica sem coleta de lixo
12 de dezembro de 2018
Petrobras reduz o preço da gasolina nas refinarias
12 de dezembro de 2018
Exibir tudo

Montando o time

O governador reeleito Belivaldo Chagas (PSD) passará os últimos dias deste ano concluindo a montagem do time que o ajudará a tocar o governo a partir de 2019. Por conta disso, Sergipe inteiro especula sobre o futuro secretariado do pessedista. Alguns dos atuais auxiliares como Sales Neto (Comunicação) e João Eloy (Segurança Pública) já tiveram confirmadas suas permanências no futuro governo. Outros, contudo, serão exonerados por não se enquadrarem no perfil político de governador. Portanto, até que o novo secretariado seja oficialmente anunciado, muitas especulações continuarão sendo feitas, com nomes “plantados” na imprensa por quem deseja ser lembrado nessa hora pelo governador. Vixe!

Eleições inconclusas

Para alguns políticos sergipanos o resultado das últimas eleições ainda dependerá do “tapetão”. É que o Ministério Público Eleitoral os denunciou por abuso do poder econômico e de autoridade. Estão nessa delicada situação o governador Belivaldo Chagas (PSD), o deputado federal eleito Valdevan Noventa (PSD) e os deputados estaduais Talysson Costa (PR) e Diná Almeida (Podemos). De todos, a situação pior é a de Noventa, que está preso sob a acusação de coagir testemunhas. Misericórdia!

Sem serventia

O prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PR), quer ver quebrados os sigilos telefônicos dele, da deputada estadual Maria Mendonça (PP) e do irmão dela Zé Teles. Acha que a medida vai desmascarar a denúncia feita pela pepista de que ele teria contratado um pistoleiro para matá-la. O pedido de Valmir parece sem sentido, pois segundo a deputada, Zé Teles ficou sabendo da ameaça de morte em conversa com um amigo dele e não por telefone. Marminino!

Cadê o dinheiro?

A Secretaria da Fazenda está de olho em 20 empresas sergipanas acusadas de sonegarem imposto. Elas estão obrigadas a pagar sumariamente 70% do ICMS na hora de liberar mercadorias. Desde ontem, auditores fiscais mantém vigilância permanente nas empresas acusadas de sonegação. A Fazenda não afasta a hipótese de apreender nos 20 estabelecimentos documentos, programas, arquivos magnéticos e ópticos para comprovar a sonegação fiscal. Homem, vôte!

Último a saber

E o vereador Cabo Amintas (PTB) deixou a liderança da oposição na Câmara de Aracaju. O homem ficou injuriado porque os colegas Lucas Aribé (PSB) e Emília Corrêa (Patriota) não o informaram sobre a ação que moveram na Justiça contra o reajuste da passagem dos ônibus. Amintas se queixou muito porque só ficou sabendo do processo pela imprensa: “Custava terem comunicado ao líder. Eu me senti traído”, reclamou o militar. Danou-se!

Justa homenagem

A Assembleia Legislativa homenageou com a Medalha Dom José Vicente Távora oito defensores dos direitos humanos em Sergipe. Proposta pela deputada Ana Lúcia (PT), a homenagem ocorreu ontem, em concorrida sessão solene. Entre os homenageados estão o padre Isaías Nascimento Filho e as camponesas Maria Faraildes Alves Dantas e Josefa dos Santos. Legal!

Não falou nada

O senador eleito Rogério Carvalho (PT) estranha informações publicadas na imprensa sobre o futuro político dele. De fato, são muitas as especulações sobre uma possível candidatura do petista a prefeito de Aracaju, em 2020: “Engraçado que eu não falei nada com ninguém”, afirma. Rogério acrescenta que a sua única expectativa neste momento “é viver a alegria da diplomação junto com meu povo”. Então, tá!

Já andou preso

Antes de se candidatar em Sergipe, o deputado federal eleito Valdevan Noventa (PSC) tentou duas vezes, sem sucesso, chegar à Câmara Federal por São Paulo. Acusado de pressionar testemunhas, ele está preso no cadeião de Estância desde a semana passada. Segundo o jornal Valor Econômico, Noventa já curtiu uma cadeia anteriormente. Foi em 2013, sob a acusação de organizar greves, a mando das empresas de ônibus paulistas, para pressionar a prefeitura a aumentar o valor da passagem. Jesus!

Hora da partida

Eliane Aquino (PT) jura que deixará o cargo de vice-prefeita de Aracaju com “um certo aperto no peito”. Ela vai renunciar para tomar posse, dia 1º próximo, como vice-governadora de Sergipe. A petista lembra “como encontramos o município” e quanto a gestão de Edvaldo Nogueira (PCdoB) já conseguiu mudar. E Eliane conclui: “Não tenham dúvidas que continuaremos trabalhando juntos em prol de Aracaju”.

Com Moro

O governador Belivaldo Chagas (PSD) confirmou presença na reunião do futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, com os governadores eleitos. Marcado para hoje, em Brasília, o encontro tratará sobre segurança pública, reformas da Previdência, administrativa e tributária. Também estarão na reunião os presidentes do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, e do Superior Tribunal de Justiça, João Otávio de Noronha.

Visita ao passado

O jornalista Milton Alves Júnior lança hoje o livro “Continência a um comunista”. Com 315 páginas, a obra literária aborda a história de vida familiar, estudantil e pública do advogado e professor Wellington Mangueira. Preso e torturado durante o golpe militar de 1964, este ilustre sergipano foi sempre figura de destaque do velho Partido Comunista Brasileiro (PCB). A noite de autógrafos vai começar às 18h, no Cotinguiba Esporte Clube, em Aracaju. Prestigie!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *