Empresas querem salvar trabalhadores do fantasma do desemprego
29 de abril de 2016
Mitos e verdades sobre a Coca
29 de abril de 2016
Exibir tudo

Aracaju tem maior redução no preço da cesta básica

Cesta de Aracaju ficou em R$ 283,02

O Nordeste fechou março passado com o segundo menor crescimento no preço da cesta básica, calculada no período em R$ 358,88. Aracaju foi a capital a registrar a maior redução de preços: -3,3%. A região também obteve a segunda menor variação de preços (0,4%), ficando atrás apenas do Norte, que registrou -7,0%. No restante do Brasil, observou-se maior crescimento no valor da cesta básica de março, comparado com fevereiro último.

Em contrapartida, olhando a variação em 12 meses, a cesta básica do Nordeste ficou com o segundo maior crescimento, 15,5%, variação pouco menor que a cesta do Centro-Oeste, 15,9%. As informações são oriundas de levantamento do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão de pesquisas do Banco do Nordeste, com base em informações divulgadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Além de Aracaju, o valor da cesta básica regional em março caiu em outras quatro capitais do Nordeste pesquisadas: João Pessoa (-2,1%). As cidades de Natal, Recife e Fortaleza tiveram reduções na ordem de -1,7%, -0,6% e -0,5%, respectivamente. Apenas em Salvador observou-se aumento de 3,7%, em comparação com o valor de fevereiro. A variação positiva registrada na capital baiana foi o que mais carregou o índice de março.

O aumento na cesta básica nordestina nesse mês deve-se, principalmente, aos crescimentos do preço da banana (10,5%), manteiga (9,7%), leite (2,9%) e feijão (2,1%). Atuaram de forma inversa no valor da cesta de março as variações negativas do tomate (-10,8%) e da carne (-0,3%).

Cesta Básica Regional

A cesta básica regional é um índice criado a partir de metodologia própria do Etene e divulgado com base nos dados da cesta básica nacional, informada mensalmente pelo Dieese.

Fonte: Ascom/BNB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *