Jackson entrega sementes no sertão
15 de maio de 2015
Oficina de formação de professores acontece neste sábado
15 de maio de 2015
Exibir tudo

Hospital regional realiza 55 mil atendimentos

Perto de completar cinco anos em funcionamento em julho, o Hospital Regional Monsenhor João Batista de Carvalho Daltro (HRL), em Lagarto, na região Centro-Sul de Sergipe, vem se constituindo num elo importante para a Rede Estadual de Urgência e Emergência Hospitalar de Sergipe. Diariamente, o HRL, gerenciado pela Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), garante atendimento a centenas de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), não apenas dos municípios desta região, mas também de vários que integram outras microrregiões estaduais de saúde e de cidades baianas que fazem divisa com Sergipe.

Primeiro Hospital Regional da rede a disponibilizar leitos de terapia intensiva, em um total de 10, o HRL já atendeu, somente nos primeiros quatro meses deste ano, mais de 20 mil cidadãos. Deste total, Lagarto (sede e povoados), com pouco mais de 14 mil usuários assistidos, ou seja, cerca de 69% do total, foi o que mais encaminhou pacientes à unidade hospitalar. Em seguida, vêm os municípios de Salgado e Simão Dias, também na região centro-sul, com respectivamente 678 (3,3%) e 669 (3,1%) usuários do SUS atendidos pelo HRL.

Para o superintendente do HRL, Oldegar Alves Junior, o Hospital Regional, desde a sua fundação, tem cumprido o papel para o qual foi concebido pela Reforma Sanitária e Gerencial do SUS, implementada a partir de 2007 pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

“Ao longo dos últimos anos, o hospital tem sido vital para rede, na oferta de serviços de urgência e emergência, e com um dos melhores índices de resolutividade entre as demais unidades hospitalares estaduais. E isso, certamente, fortalece a política de regionalização e a interiorização do acesso aos serviços de urgência e emergência em Sergipe, em especial para o Centro-Sul, Sul e Agreste de Sergipe”, ressalta.

O HRL, que  oferta serviços de saúde principalmente nas áreas de clínica geral, ortopedia, pediatria e cirurgias geral e ortopédica, apenas no primeiro quadrimestre deste ano já realizou quase 55 mil procedimentos de urgência e emergência, entre consultadas especializadas, administração de medicamentos, atendimentos de enfermagem em geral e tratamentos clínicos de traumas ortopédicos, entre outros. No mesmo período, também ofertou pouco mais de 54 mil exames, entre laboratoriais clínicos e diagnósticos por imagem, bem como quase 1.260 internações e realizou quase 400 cirurgias, das quais 300 somente em ortopedia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *