Cresce violência contra pessoas trans
30 de novembro de 2019
Edson Passos é pré-candidato a prefeito de Itabaiana
1 de dezembro de 2019
Exibir tudo

Hoje tem eleição no interior de Sergipe

A votação será encerrada às 17h deste domingo, devendo a apuração dos votos começar em seguida

Pouco mais de 2,6 mil eleitores do pequeno município de São Francisco, no interior de Sergipe, vão às urnas neste domingo (1º) para eleger um novo prefeito. O mandato de apenas um ano está sendo disputado por Alba de Ailton (MDB), José do Carmo Filho (PDT) e Luan Araújo (PSB). O vencedor substituirá Altair Nascimento (PSB), cassada porque, durante a campanha de 2016, prometeu empregos públicos em troca de votos.

O Tribunal Regional Eleitoral disponibilizou 20 urnas eletrônicas. 12 delas foram instaladas nas sessões espalhadas pela cidade, enquanto as oito restantes ficarão de reserva visando substituir as que apresentem defeito durante o pleito deste domingo. Por sua vez, a Polícia Militar mandou para o município 100 policiais visando garantir a ordem das eleições. Eles vão permanecer em São Francisco até depois da apuração dos votos, que começará a partir das 17h.

Segundo a Justiça Eleitoral, apesar de não ser obrigatória a apresentação do título, o documento é necessário para localizar a seção de votação. Quem estiver com o aplicativo para celulares e-título não precisará apresentar documento com foto.

A emedebista Alba Nascimento entrou na disputa em plena campanha eleitoral. É que o marido dela e ex-prefeito Ailton Nascimento (MDB) teve a candidatura cassada pela Justiça Eleitoral. O juiz Evilásio Correia de Araújo acatou ação de improbidade fundamentada na rejeição das contas de Ailton pelo Tribunal de Contas de Sergipe. Alba, que já foi 1ª dama de São Francisco três vezes, tem 56 anos de idade e é professora aposentada da rede estadual.

Ameaça de extinção

A primeira grande tarefa de quem for eleito neste domingo, é lutar contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) determinando a extinção dos municípios com menos de 5 mil habitantes e arrecadação própria menor do que 10% da receita total. Com apenas 4.179 moradores, São Francisco está entre as 10 cidades de Sergipe que podem deixar de existir se o Congresso aprovar a PEC do presidente Jair Bolsonaro. As outras são Cumbe (3.961), Canhoba (3.952), São Miguel do Aleixo (3.921), Santa Rosa de Lima (3.899), Malhada dos Bois (3.428), General Maynard (3.302), Pedra Mole (3.244), Telha (3.118) e Amparo do São Francisco (2.686).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *