Hoje é dia de Cosme e Damião
27 de setembro de 2018
Acusado de trafico de drogas é preso em Estância
27 de setembro de 2018
Exibir tudo

Ex-prefeito de Canindé se entrega à PF

Galindo foi levado para o Complexo Penitenciário Advogado Antônio Jacinto Filho

Genivaldo Galindo ex-prefeito de Canindé de São Francisco, no sertão de Sergipe, se entregou à Polícia Federal nesta quinta-feira, em respeito a um mandado de prisão contra ele expedido pelo ministro Luis Roberto Barroso do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O ex-prefeito foi condenado sob a acusação de  envolvimento no roubo das urnas que continham os votos da eleição realizada em Canindé no ano de 1996 e que teve Galindo como vitorioso na disputa pela Prefeitura. Na época os votos eram de papel.

A cédulas que seriam recontadas, foram roubadas do Fórum Dom Juvêncio de Brito, na madrugada do dia 10 de março de 1997, por um grupo de pessoas que usavam uniformes militares e as informações são de que os votos foram incinerado e as urnas destruídas.

Foram condenados, Genivaldo Galindo da Silva (ex-prefeito de Canindé do São Francisco), Genilson Galindo Chaves (filho de Galindo), José Milton Galindo Ramos (sobrinho de Galindo), Marcos Fernandes Nunes, Carlos Roberto Damasceno e Álvaro Bento dos Santos.

Após se entregar na sede da PF em Aracaju, Genivaldo Galindo foi conduzido ao Instituto Médico Legal (IML), onde fez o exame de corpo de delito. Logo após, ele foi levado para o Complexo Penitenciário Advogado Antônio Jacinto Filho (Compajaf), no bairro Santa Maria, em Aracaju.

Crédito/Portal Infonet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *