Duas empresas de Sergipe participam do Leilão do Finor
25 de agosto de 2015
Pelotão da Caatinga voltará para o povoado Vaca Serrada
25 de agosto de 2015
Exibir tudo

Cervejas sem álcool são avaliadas

Dez marcas de cervejas sem álcool passam no teste do bafômetro

Programa de Análise de Produtos do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) avaliou 10 marcas de cervejas sem álcool comercializadas no país (seis nacionais e quatro importadas), visando verificar a concentração da substância química nos produtos, incluindo ainda um teste com consumidores deste tipo de cerveja e a utilização do etilômetro, popularmente chamado de bafômetro, para verificar se esse consumidor pode ser responsabilizado pelos critérios da Lei Seca, já que estas cervejas podem conter até 0,5% de teor alcoólico.

Foram analisadas as seguintes marcas: Bavária (0,0%), Brahma (0,0%), Colônia (0,2%), Erdinger (0,4%), Estrella Galicia (0,0%), Itaipava (0,0%), Liber (0,0%), Paulaner (0,4%), Schin(0,0%) e Schneider Weisse Tap 3 (0,3%).

Para avaliar os efeitos do consumo moderado da cerveja sem álcool e em seguida dirigir, foram realizados testes do bafômetro, simulando uma Operação da Lei Seca. Para cada marca de cerveja foram selecionados quatro voluntários, entre homens e mulheres com perfis variados em relação ao consumo de álcool, com avaliação dos resultados 15 e 30 minutos após a ingestão.

“Todos os consumidores passaram no teste do etilômetro sem acusar nenhuma quantidade de álcool, permanecendo 0,0 mg/l em todos os sopros. Portanto, a cerveja com até 0,5% de teor alcóolico pode ser anunciada como “sem álcool” e a ingestão moderada deste tipo de produto não provoca alteração no teste do bafômetro”, destacou Rose Maduro, responsável pela Análise.

O ensaio de teor alcoólico foi conduzido pelo Laboratório do Centro de Tecnologia SENAI/RJ Alimentos e Bebidas, localizado em Vassouras e o teste com consumidores e a utilização do etilômetro foi realizado pelo laboratório da Divisão de Fluidos e Físico-Química da Diretoria de Metrologia Legal do Inmetro.

Fonte: Inmetro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *