Mulher ganha menos do que homem
13 de novembro de 2015
Você tem medo da sexta-feira 13?
13 de novembro de 2015
Exibir tudo

Celi usa nova tecnologia na construção de casas

Celi está construindo as casas em concreto armado a partir de fôrmas metálicas

Com 47 anos de atuação da indústria da construção civil, a Celi se tornou referência em obras públicas. Além da experiência de quase cinco décadas, a construtora do engenheiro civil Luciano Barreto também se destaca por ser uma empresa atual, que aposta na utilização de processos construtivos modernos e inovadores. Exemplo disso é a tecnologia que possibilita a construção de habitações de concreto armado a partir de fôrmas metálicas.

O processo construtivo possibilita maior qualidade, resistência e durabilidade a casas populares. No Estado, ela está sendo utilizada pela Celi na construção das 953 unidades do Residencial Recanto Verde, no Bairro Cidade Nova, no município de Estância, a 70 quilômetros de Aracaju. O empreendimento integra o Programa “Minha Casa, Minha Vida” do Governo Federal.

Segundo Luciano Barreto, presidente da Celi, com essa tecnologia, é possível erguer até quatro casas em um único dia. Esse modelo apresenta uma obra mais limpa e permite mais segurança, à medida que garante maior qualidade do acabamento do produto. “O concreto armado tem excelente desempenho técnico, o que melhora a qualidade das habitações”, confirma Themístocles Ferreira, superintendente de Obras da Celi.

Grande benefício

Além disso, esse processo construtivo possibilita ganho na produtividade e na racionalização da construção. Luciano Barreto explica que a vantagem deste novo modelo, primeiramente, é a limpeza da obra; depois, a segurança da casa, a qualidade do acabamento do produto final e, acima de tudo, o prazo de conclusão da obra, que é reduzido. “Este é o papel da Celi. Nós fazemos este empreendimento com a mesma dedicação que fazemos o Instituto Luciano Barreto Júnior [ILBJ], atuando em todas as faces do mercado e oferecendo qualidade a todos os segmentos da sociedade”, ressalta o presidente da Celi.

Themístocles explica mais detalhadamente o processo construtivo a partir dessa nova tecnologia. De acordo com ele, as casas são construídas com paredes de concreto armado, moldadas “in loco”, com utilização de fôrmas metálicas. “O ciclo de concretagem de cada casa, por sua vez, é de 24 horas. Com quatro jogos de fôrmas, são quatro casas concretadas por dia”, contabiliza.

Atualmente, há 450 colaboradores trabalhando na obra do Residencial Recanto Verde e 45% dela já estão executados. Vale destacar que, quando estiver pronto, o empreendimento será composto de infraestrutura completa com drenagem, pavimentação, esgoto tratado, água e iluminação pública.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *