Eduardo d’Ávila é eleito novo procurador de Justiça
23 de julho de 2015
Comprimido vai combater mosquito da dengue
24 de julho de 2015
Exibir tudo

Apertando o cerco

Alguns deputados têm razões de sobra para temer as investigações do Ministério Público Estadual em torno do escândalo das verbas de subvenção da Assembleia. Por mais de uma vez, os promotores já demonstraram que não estão brincando. Ontem mesmo deram uma prova disso, ao conseguirem na Justiça mandados de busca e apreensão na sede da Associação dos Oficiais da Polícia Militar de Sergipe. De lá removeram várias caixas com documentos e computadores, que podem revelar o destino dos recursos liberados pelo Legislativo por indicação do deputado Capitão Samuel (PSL). Antes, o Ministério Público já havia conseguido a prisão de presidentes de associações comunitárias e de Nolet Feitosa Vieira, acusado de ser o elo entre as entidades ditas filantrópicas e alguns parlamentares. Portanto, aqueles que possuem culpa no cartório devem colocar as barbas de molho, pois o que vem pela frente não será nada bom para quem meteu a mão grande no dinheiro do contribuinte.

Faz de conta

 Vejam o que pensa o secretário da Segurança Pública, Mendonça Prado (DEM), sobre essa história que o PSC pode não apoiar a reeleição do prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM): “Fico rindo com a ameaça do PSC de não apoiar João, se José Carlos Machado (PSDB) constar na chapa como vice. Isso é tudo combinado entre o prefeito e os irmãos Edvan e Eduardo Amorim (PSC). Todos estarão juntos em 2016”. Homem, será?

 Lampião vive

 Um missa campal na Grota do Angico, em Poço Redondo, marcará o aniversário de morte do cangaceiro Virgulino Ferreira da Silva, o temido “Lampião”. Também serão lembrados Maria Bonita e os outros nove bandoleiros mortos pela Polícia alagoana no raiar do dia 28 de julho de 1938. Em sua 18ª edição, o ato religioso está marcado para as 9h da próxima terça-feira. Prestigie!

 Não teme

 E o deputado federal André Moura (PSC) reagiu com firmeza contra uma possível retaliação pública ao seu nome, pelo fato da forte oposição que ele faz ao governo federal: “Quem não deve não teme. Podem vasculhar a minha vida o quanto quiserem. Fiquem à vontade”, bradou. A reação de André é em função de jornalistas do Sudeste estarem em Sergipe garimpando possíveis “podres” cometidos por André nos 20 anos em que ele está na política.

 Cadeia neles

 A Justiça Federal condenou o ex-prefeito de Indiaroba, João Eduardo Viegas, a cinco anos de prisão. Receberam a mesma pena os médicos Maria Rachel Viegas e Túlio Braúlio Cantalice de Paula, irmã e cunhado do ex-prefeito. Os três são acusados de se apropriarem de rendas públicas, ou desviá-las em proveito próprio. Eduardo Veiga contratou a irmã e o cunhado, que jamais prestaram serviços médicos aos moradores de Indiaroba.

 Aëdes ameaçado

Após anos de pesquisa, um composto desenvolvido pela Fundação Oswaldo Cruz, destinado a combater o mosquito da dengue, está pronto para ser colocado no mercado. Falta apenas a Anvisa aprovar o comprimido. A drágea contém um microorganismo chamado Bacillus thuringiensis israelensis (Bti) que, quando ingerido pelas larvas do Aëdes aegypti, impede sua proliferação. O composto, colocado em um recipiente com água, inviabiliza o criadouro do mosquito por um período de 60 dias. Legal!

 Greve geral

Reunidos ontem na CUT, sindicalistas sergipanos começaram a construir uma greve geral dos servidores estaduais. Segundo eles, a idéia é paralisar todos os órgãos públicos visando pressionar o governo a reajustar os salários da categoria. Hoje, eles voltam a se reunir com lideranças ligadas a outras centrais sindicais. É bom o governo preparar o lombo, pois vem chumbo grosso por aí. Aff Maria!

 Conta gotas

Embora o governo ainda não admita publicamente, já é tido como certo que o salário dos servidores será pago parceladamente. Técnicos garantem que a Secretaria da Fazenda não dispõe de recursos para quitar a folha de uma só vez. A previsão mais otimista é pagar uma parcela dos salários no dia 30, e o restante depois do dia 10 de agosto, quando entra o Fundo de Participação do Estado. A crise é braba!

Justa promoção

O promotor de Justiça Eduardo d’Ávila Fontes foi promovido, pelo critério de merecimento, ao cargo de procurador de Justiça. Ele vai ocupar a vaga aberta com a aposentadoria da procuradora Creuza de Figueiredo. Eduardo compôs a lista tríplice, juntamente com os promotores Edjilda Resende Guerra e Ricardo Sobral Souza, tendo sido escolhido por unanimidade pelo Conselho Superior do Ministério Público. Taí uma indicação merecida por demais!

Vidas ameaçadas

Cerca de 700 pacientes de alta complexidade, com cirurgias eletivas pré-agendadas, correm o risco de ter o procedimento suspenso. É que a Prefeitura de Aracaju atrasou o repasse R$ 1,7 milhões referentes aos serviços prestados pelo Hospital de Cirurgia em maio e junho. O atraso impediu o pagamento em dia dos salários de 300 médicos. A grave denúncia é do vereador Bertulino Menezes (PSB). Ele apelou ao prefeito João Alves Filho (DEM) para “não retirar destas 700 pessoas a última esperança de cura”. Misericórdia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *