Acumulada, Mega-Sena vai pagar hoje R$ 46 milhões
21 de outubro de 2015
El Niño traz sol de rachar
21 de outubro de 2015
Exibir tudo

Abertas inscrições para o Prêmio TOP 100 de Artesanato

As inscrições podem ser feitas até 15 de dezembro

Artesãos de Sergipe já podem se inscrever na quarta edição do Prêmio Sebrae TOP 100 de Artesanato. A iniciativa busca reconhecer e valorizar o trabalho realizado por esses profissionais, selecionando as 100 unidades produtivas mais competitivas do Brasil.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 15 de dezembro pelo site WWW.top100sebrae.com.br. Pode participar do concurso toda e qualquer unidade de produção artesanal legalmente constituída (com CNPJ) em território nacional.

Entende-se por “unidade de produção artesanal” pessoas jurídicas de direito privado, formalizadas, que produzam e comercializem produtos artesanais, sejam pequenas ou microempresas, microempreendedores individuais, cooperativas, associações ou grupos de produção artesanal.

As peças serão avaliadas de acordo com 11 critérios de mercado, dentre eles o caráter de inovação dos produtos, qualidade, sustentabilidade, embalagem e responsabilidade social.

“O nosso estado é reconhecido nacionalmente pela qualidade do artesanato. Queremos incentivar e valorizar esses profissionais que tanto se dedicam a essa maravilhosa arte. A nossa expectativa é que possamos superar o resultado das edições anteriores”, destaca o diretor Técnico do Sebrae em Sergipe, Marcelo Barreto.

Sergipe foi destaque

Além do reconhecimento nacional, os vencedores terão seus trabalhos incluídos em um catálogo, que será distribuído entre compradores do Brasil e do exterior, arquitetos e decoradores.

Os artesãos poderão ainda utilizar o selo ‘Prêmio Sebrae TOP 100 de Artesanato por três anos’, a contar da data da entrega dos certificados e participarão de rodadas de negócios, feiras e exposições.

Os resultados serão divulgados no mês de julho de 2016 e os vencedores receberão o prêmio em uma cerimônia  que acontecerá no Rio de Janeiro, no Centro de Referência do Artesanato Brasileiro, no mês de setembro.

Na última edição do Prêmio, realizada em 2011, as artesãs sergipanas foram destaque. Oito trabalhos ficaram entre os 100 selecionados, o que levou o estado a ficar entre as três unidades da federação com mais trabalhos premiados.

Naquela edição foram reconhecidos os trabalhos em fibra de ouricuri e bananeira, os bordados e a renda irlandesa produzidos por artesãos que residem nos municípios de Aracaju, Santa Rosa de Lima, Divina Pastora e Lagarto.

Fonte e foto: Sebrae Sergipe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *