Amaral lança hoje “A vida me quer bem”
7 de novembro de 2019
TCE elege nova diretoria
7 de novembro de 2019
Exibir tudo

Temendo prisões, políticos de Sergipe tomam Lexotan

Só o poderoso Lexotan tem reduzido a ansiedade de alguns políticos sergipanos

Desde que a vereadora aracajuana Emília Corrêa (Patriota) alardeou que “vem prisão por ai”, muitos políticos sergipanos estão à base de Lexotan para reduzir a ansiedade. Os mais preocupados com a hipótese de curtirem umas “férias” na cadeia, têm pernoitando fora de casa, temendo serem despertados às 6 horas da matina com a Polícia Federal batendo na porta.

A vereadora não confessa, nem sob tortura, quem lhe informou sobre as possíveis prisões, porém sugere ao Ministério Público e à PF que investiguem as Câmaras Municipais porque a corrupção está à solta”. Ao ouvir a sugestão da colega, o presidente do Legislativo aracajuano, Nitinho Vitale (PSD), reagiu com firmeza: “Da nossa parte estamos tranquilos, pois agimos com transparência, mas vossa excelência precisa revelar quem lhe passou informações tão privilegiadas”, frisou.

Orelha em pé

Dirigindo-se aos colegas de Parlamento, Emília os aconselhou a ficarem “ligados” e não aceitarem trocar de cargos e dinheiro por falsas promessas. Apesar do discurso tranquilizador do presidente Nitinho, teve gente que ficou de orelha em pé, até porque a Câmara não é um paraíso aqui na terra: em 2016, 15 dos 24 vereadores de Aracaju foram indiciados criminalmente sob a acusação de desviarem cerca de R$ 5 milhões do Legislativo. Desdes, oito não conseguiram se reeleger e dois chegaram a passar alguns dias atrás das grades. Portanto, quem avisa, amigo é!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *