Superlotação provoca tumulto em delegacia de Aracaju
16 de julho de 2015
Sergipe oferece culinária diversificada
16 de julho de 2015
Exibir tudo

Subvenção: imprensa não tem acesso a depoimento de Nollet

Pela primeira vez, desde que deflagrado o processo para investigar conduta vedada em ano eleitoral, a Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) silenciou sobre os depoimentos prestados por testemunhas arroladas pelo Ministério Público Federal. Nesta quinta-feira, 16, jornalistas se concentraram na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para aguardar o depoimento de Nollet Vieira Feitosa, a testemunha mais aguardada neste processo eleitoral, que investiga conduta vedada de deputados estaduais na distribuição das verbas de subvenções feita pela Assembleia Legislativa, atendendo as indicações feitas pelos parlamentares.

Nollet Vieira, que era conhecido como Carlinhos entre aqueles que tiveram acesso às verbas de subvenções, chegou por volta das 8h, em horário previamente marcado, na sede do TRE, acompanhado por um advogado. Ele entrou pelo portão da frente, foi interceptados por jornalistas, prometeu que prestaria algum esclarecimento à imprensa, mas desistiu e saiu do tribunal, após a audiência, pela porta dos fundos sem conceder a prometida entrevista.

O depoimento durou mais de duas horas e foi prestado em sigilo absoluto, decretado pelo juiz Fernando Escrivani Stefaniu, relator do processo. Os procuradores Eunice Dantas e Rômulo Almeida, que sempre foram acessíveis nos depoimentos prestados anteriormente, também driblaram a imprensa e se retiraram do TRE pela porta dos fundos, sem falar com os jornalistas. A procuradora Eunice Dantas mandou informar pelo agente de segurança judiciária, de plantão naquele tribunal, que não iria se manifestar em respeito ao sigilo absoluto nesta fase do processo. Pela assessoria do MPF, a procuradora informou que o processo não tramita em segredo de justiça.

(Texto Cassia Santana/Portal Infonet)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *