Palanque eleitoral
2 de julho de 2018
Receita libera consulta ao segundo lote de restituição do IR
9 de julho de 2018
Exibir tudo

Quem vai com quem?

Quem vai com quem para o baile eleitoral deste ano? Taí uma pergunta de difícil resposta, pois os líderes políticos ainda estão negociando os espaços nas chapas majoritárias. Pouco antes do calor das fogueiras juninas, o ex-prefeito de Canindé, Heleno Silva e o deputado federal Jony Marcos – ambos do PRB – trocaram o governo pela oposição, contudo parte da legenda segue apoiando a reeleição o governador Belivaldo Chagas (PSD). O governista PDT também pode se aliar ao PSDB, de olho na vaga de vice do pré-candidato a governador Eduardo Amorim, mas um acordo nacional pode levar os pedetistas a se juntarem ao PSB dos Valadares. O PT caminha para permanecer no governo, porém exige apoio à pré-candidatura de Rogério Carvalho para o Senado e a indicação de Eliane Aquino como vice de Belivaldo. Portanto, até o dia 5 de agosto, data limite para as convenções, tudo acordo pode ser desfeito visando atender os interesses dos caciques, muito mais preocupados com a própria sobrevivência política do que com um futuro melhor para os sergipanos.

Cabide de emprego

E o líder deste governo temerário no Congresso, deputado federal André Moura (PSC), encheu a Dataprev de parentes e agregados, todos ganhando salários de até R$ 18,9 mil. Segundo denuncia o jornal O Globo, os apadrinhados do deputado vivem no bem bom em Aracaju, pouco aparecendo na Dataprev em Brasília, onde estão lotados. Alguns são ou foram advogados de André Moura e de políticos aliados dele. Misericórdia!

A todo vapor

O órgão que mais trabalha no governo de Sergipe é a impressora do Diário Oficial. Quem pensa assim é o pré-candidato a governador Milton Andrade (PMN). Segundo ele, as edições do DO estão cheias de nomeações dos apadrinhados do governo, a maioria lideranças políticas. O último nomeado foi o ex-prefeito de Rosário do Catete, Laércio Passos, contemplado com a presidência da Empresa Sergipana de Turismo. Marminino!

Em que ficou?

Alguém sabe a quantas anda as investigações feitas pela Polícia Federal no telefone celular e no computador do ex-secretário estadual da Saúde, Almeida Lima (PMDB)? Em abril de 2017, equipes da PF e do Ministério Público Federal realizaram busca e apreensão na casa de Almeidinha e levaram o “Graham Bell” e o Notebook. A ação fez parte da Operação Satélite, que investiga crimes contra a administração pública, lavagem de dinheiro, corrupção e organização criminosa. Crendeuspai!

Suspeita descabida

O Jornal da Cidade quer saber “quem vigia o Tribunal de Contas de Sergipe?”. O matutino teme o uso eleitoreiro do TCE pelos conselheiros que têm parentes diretos disputando as eleições. Trata-se de uma suspeita descabida, pois os conselheiros do Tribunal de Contas jamais misturaram os julgamentos das ações contra prefeitos e vereadores com a política partidária. É, ou não é?

Ai que dor!

A dor crônica é relatada por 37% da população. Segundo pesquisa da Sociedade Brasileira para Estudo da Dor, a faixa etária média de ocorrência da dor é 41 anos. Em relação ao sexo, as mulheres são maioria entre os relatos de dores crônicas. O uso de celulares e tablets pode ser um fator que contribua para o aumento de dores crônicas. Práticas saudáveis, como boa alimentação e atividade física regular são medidas de prevenção para este tipo de dor.

Novo prefeito

O presidente da Câmara de Vereadores, Josenito Vitale, o “Nitinho” (PSD), vai assumir a Prefeitura de Aracaju quinta-feira desta semana, ficando no cargo até o próximo dia 17. Substituirá o titular Edvaldo Nogueira (PCdoB), que participará de um curso nos Estados Unidos. Para não inviabilizar uma possível candidatura, a vice-prefeita Eliane Aquino (PT) se ausentará da capital pelo tempo em que o comunista estiver no exterior.

Último dia

A Assembleia deve encerrar hoje as atividades legislativas do primeiro período de 2018. Antes do recesso parlamentar, os deputados votarão a Lei de Diretrizes Orçamentárias e vários projetos do governo. A maioria das proposituras trata sobre questões salariais dos servidores militares e civis, em especial dos professores. Terminada a votação dos projetos, os deputados vão curtir um mês de férias. Ô vidão!

Partidos de aluguel

Você é capaz de citar nominalmente todos os partidos políticos existentes no Brasil? Até o momento já são 35 legendas, enquanto outras 56 aguardam aprovação dos registros pela Justiça Eleitoral. A maioria está interessada apenas numa fatia do milionário fundo partidário. É por absurdos como este, que se cobra, há anos, uma verdadeira reforma política, visando sepultar os partidos de aluguel.

Lembrando Saldanha

“O aspecto demagógico no Brasil você encontra nos grandes estádios. Em Sergipe, tá lá, o Batistão. Uma cidade como Aracaju, de 105 mil habitantes, tem um estádio para 50 mil pessoas”. Esta crítica ao tamanho do estádio sergipano foi feita em 1979, na entrevista concedida à Folha de São Paulo pelo jornalista João Saldanha. Fosse vivo, o técnico da Seleção Brasileira, campeã do mundo em 1970, completaria 101 anos nesta terça-feira (3). Reformado em 2015, o Batistão tem atualmente capacidade para 15.575 pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *