Leia o resumo dos jornais desta segunda
13 de novembro de 2017
Médicos condenam atraso de salários
13 de novembro de 2017
Exibir tudo

Promessas vazias

Os pré-candidatos começam a alinhavar os discursos com os quais pretendem ganhar a simpatia e os votos dos eleitores sergipanos. Os mais afoitos já começaram a fazer promessas vazias. É o caso do empresário João da Tarantela (Patriota), que está prometendo – embora não diga como – pagar as dívidas contraídas pelo Executivo sergipano se for eleito governador. Outros postulantes a mandatos parlamentares têm dito que, se eleitos, vão acabar com a violência, resolver os problemas da seca, reduzir o desemprego, etcétera e tal. São as primeiras de um turbilhão de promessas vazias, palavras lançadas ao vento para engabelar os incautos.  Ao eleitor, cabe rechaçá-las e negar o voto aos demagogos e fichas sujas. Para eleger políticos comprometidos com as aspirações coletivas, é fundamental considerar o passado do candidato, sua conduta moral e ética e, se já exerce algum cargo político, conhecer a atuação dele. Portanto, nas eleições de 2018 diga não aos fazedores de promessas vãs!

Destrinchando a lei

As mudanças feitas na lei trabalhista serão tema da palestra que o ministro Ives Gandra Martins Filho, do Tribunal Superior do Trabalho, fará em Aracaju. Convidado pela Fecomércio, ele discorrerá sobre o tema na próxima sexta-feira, durante o “Almoço com negócios e diálogos empresariais”, marcado para às 12h, no Hotel Radisson. Prestigie!

Carnificina

Sergipe registrou 17 assassinatos nos últimos três dias. Esta tem sido a média de crimes praticados nos finais de semana, apesar de a Polícia insistir em dizer que está conseguindo reduzir a violência. Enquanto a cúpula da Segurança Pública corre atrás do prejuízo, os sergipanos se trancam em casa com medo de serem as próximas vítimas. Lastimável!

Ninho em festa

Os tucanos sergipanos elegeram, sábado último, a nova executiva estadual e os delegados à convenção nacional do PSDB, marcada para o próximo dia 9. Eleito para presidir o partido em Sergipe, o senador Eduardo Amorim se disse orgulhoso de suceder o ex-governador Albano Franco, hoje presidente de honra da legenda.

Habemus prefeita

Pela segunda vez este ano, Aracaju é administrada pela petista Eliane Aquino. Ela assumiu a administração da capital em substituição ao prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). Ele foi à Espanha participar do 7° Congresso de Cidades Inteligentes. Ao transmitir o cargo para a vice, o comunista informou que foi convidado da Frente Nacional de Prefeitos, entidade que arcou com todas as despesas da viagem. Então, tá!

Crueldade

O Parque dos Falcões foi invadido, ontem, por um grupo de criminosos fortemente armados. Além de roubarem e espancarem todos os que lá estavam, os bandidos mataram algumas aves e foram embora tranquilamente. Localizado em Areia Branca, o Parque é o paraíso das aves de rapina. Crendeuspai!

Violência condenada

E o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) lamentou pelas redes sociais o ataque criminoso ao Parque dos Falcões: “Vergonha, covardia, violência gratuita e desnecessária. É difícil explicar o que leva alguém a invadir um parque devotado à preservação de aves. Mais ainda, a agredir pessoas e matar animais. Aonde vamos parar?”, questiona. É vero!

Cadê o dinheiro?

O Sindicato dos Médicos de Sergipe espalhou auto doors criticando a política salarial do governo. Diz a mensagem: “Salário atrasou! 13º parcelou! Governador Jackson Barreto fracassou!”. A peça publicitária exibe, ainda, uma fotografia de um JB macambúzio! Homem, vôte!

Mesmo barco

A oposição em Sergipe está cada vez mais unida. Pelo menos é o que garante o deputado federal André Moura (PSC). Dizendo-se um eleitor de carteirinha do senador Eduardo Amorim (PSDB), pré-candidato a governador, Moura afirmou que estará junto com o tucano nas eleições de 2018. O parlamentar cristão também criticou a crescente violência em Sergipe: “Somos bicampeão de morte violentas no Brasil. Precisamos mudar essa situação”, discursou.

Pólvora seca

Conversa entre dois bebinhos num bar da Praia de Atalaia, a mais simpática de Aracaju: O vereador Cabo Amintas anda dizendo que a palavra dele é igual a um tiro de revolver. “- Só se for tiro de festim.”. Cruzes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *