Leia o resumo dos jornais desta quinta
8 de junho de 2017
Câmara de Aracaju pode processar empregada da Torre
8 de junho de 2017
Exibir tudo

Cadê o grilo?

Pela segunda vez em penas seis meses, vereadores de Aracaju são acusados de se venderem. Primeiro foi o suplente Acácio Cardoso (PSDB) quem denunciou um esquema de propina na Câmara para aprovar o reajuste da passagem dos ônibus. Agora, num telefonema interceptado pela Polícia, uma diretora da empresa Torre revela que um vereador foi comprado pela concorrente Cavo para votar favorável à CPI do Lixo. No primeiro caso ficou o dito pelo não dito até porque, de lá pra cá, não chegou ao Legislativo qualquer projeto reajustando o valor da tarifa. A conversa gravada, contudo, precisa ser apurada para, em sendo verdadeira a acusação, descobrir o nome do parlamentar vendido. Enquanto essa história não for passada a limpo, todos os 24 vereadores aracajuanos são suspeitos de se locupletarem vendendo votos o que, admitamos, não retrata a verdade.

Festa na serra

Acontece hoje em Itabaiana, a inauguração do Shopping Center Peixoto. Situado às margens da BR-235, o empreendimento gerará três mil empregos diretos. Construído pelo empresário Messias Peixoto, este é o primeiro grande centro de compras localizado fora da Grande Aracaju. O shopping conta com 120 lojas, sendo quatro âncoras, quatro megalojas, praça de alimentação, academia e centro médico. O estacionamento possui 800 vagas para carro e 400 para motos.

Na terrinha

E quem estará nesta quinta-feira em Aracaju é o ministro dos Esportes, Leonardo Picciani. Vem participar da abertura oficial do mundial do triathlon, que acontecerá na região dos lagos da Orla de Atalaia. Os participantes vão nadar 700 metros, pedalar 20 quilômetros e correr outros 10 quilômetros. Além dos brasileiros, a competição contará com atletas do Chile, Alemanha, França e Hungria. A última edição do mundial de triathlon ocorreu na França.

Mais rigor

Os produtos de origem animal oferecidos ao consumidor devem ser seguros e respeitar os critérios de identidade e qualidade previstos na legislação. Quem pensa assim é o senador Eduardo Amorim (PSDB), relator da Comissão Mista da Medida Provisória. Esta MP altera a lei sobre inspeção sanitária e industrial de produtos de origem animal. Também aumenta para até R$ 500 mil a multa para quem infringir as normas previstas na legislação.

Pra ser político

Ser enganador, mentir

Enrolar, ser trambiqueiro

Gostar de fazer promessa

Não pagar, ser trapaceiro

Eis os requisitos básicos

Do político brasileiro.

A definição acima está no bem acabado cordel ‘Perfil do Político Brasileiro’, do poeta paraibano Vernaci Santos do Nascimento.

Cobrança aliada

O governo estadual não tem priorizado a região sul de Sergipe, que padece com a má conservação das rodovias e a falta de obras estruturantes. Quem pensa assim é o deputado federal Fábio Reis (PMDB). Embora seja um aliado do governador Jackson Barreto (PMDB), o parlamentar preferiu defender a região, que é sua base eleitoral, na tribuna da Câmara. Será que Fábio está contrariado com JB? Marminino!

Canteiro de obras

E o governador Jackson Barreto (PMDB) visitou ontem o canteiro de obras da Usina Termelétrica Porto de Sergipe. Este é o primeiro projeto, entre os demais previstos para o Complexo de Geração de Energia Governador Marcelo Déda. O investimento, nesta fase, é de R$ 5 bilhões. Localizado na Barra dos Coqueiros, o empreendimento já emprega mais de 180 trabalhadores. Destes, 85% são sergipanos. A fase atual da obra é de terraplenagem e estaqueamento das fundações. JB ficou satisfeito com o que viu.

Saúde no prato

Cerca de 15% da população urbana consumiu algum produto orgânico nos últimos dois meses. Segundo o Conselho Brasileiro de Produção Orgânica e Sustentável, entre os motivos apresentados para o consumo neste segmento, os entrevistados citaram questões relacionadas à saúde. Os produtos orgânicos mais consumidos são verduras, legumes e frutas. Entra as outras opções disponíveis ao consumidor de orgânicos estão produtos como carnes, chocolates, sucos, leites, laticínios, biscoitos, shampoos, sabonetes e tecidos.

Pelo ralo

Uma servidora disse estranhar que as contas de água de algumas secretarias de Sergipe sejam maiores do que as contas de energia elétrica. Como não há “gatos” em repartições públicas, o mais provável é que existam grandes vazamentos nas tubulações. Segundo a moça, uma boa revisão na rede que leva água tratada aos órgãos públicos poderia reduzir o enorme desperdício. É, pode ser!

QI de quem indica

O vereador Elber Batalha (PSB) promete entregar ao Ministério Público de Sergipe um dossiê sobre nepotismo na Prefeitura de Aracaju. Segundo ele, além de empregar parentes e aderentes, o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) não cumpriu a promessa de reduzir o número de cargos em comissão. Elber também critica o comunista por não reajustar os salários dos servidores e não pagar as horas extras e o piso salarial dos professores. Homem, vôte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *