Polícia Militar inicia operação Comércio Seguro
29 de novembro de 2019
Tiririca torra dinheiro público para visitar parentes
29 de novembro de 2019
Exibir tudo

Atrasada, reforma do Barretão só termina em três meses

Obas do estádio Paulo Barreto já sofreram duas paralisações

Um banho de água fria para os torcedores do Lagarto Futebol Clube. É que a reforma do Estádio Paulo Barreto de Menezes, o “Barretão”, só deverá ser concluída em cerca de 90 dias. Segundo o mestre de obra José Martins Costa, até o momento foram concluídos apenas “uns 50%” de toda a empreitada.

Martins Costa revelou que a demora é em decorrência de duas paralisações, que somam juntas cinco meses, além dos estudos técnicos, que paralisaram temporariamente a instalação do sistema de drenagem no subsolo do gramado. “Teve um paradeiro por causa do solo. Negócio de uma terra ai, outra ali, mas quem pode falar melhor sobre isso dizer é o técnico”, explicou.

Até o momento, foram instalados os revestimentos das paredes dos banheiros, dos dois bares das arquibancadas, de parte do mini-posto de saúde, dos vestiários dos atletas e dos árbitros, além da pavimentação e da construção de escadas em frente das arquibancadas.

Ainda falta trocar os refletores, os alambrados, as instalações elétricas, bem como ser realizada a instalação do sistema de drenagem, da revitalização do piso das arquibancadas, recuperação das sete cabines de imprensa e implantação do gramado. Tudo isso, sem contar com a pavimentação do entorno do campo de jogo.

José Martins salientou que tudo está sendo mexido. “Nós temos 33 funcionários trabalhando. Muita gente pensa que são apenas cinco, mas é porque a maioria trabalha debaixo das arquibancadas. Tem uns aí que soltam aqueles drones para filmar e depois dizem que não tem ninguém trabalhando. Ora, o drone não filma debaixo da arquibancada”, brinca o mestre de obra.

Fonte e foto: Portal Lagartense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *